Arquivos do Blog

Realidades Alternativas

Então, tava me lembrando da minha infância aqui, e o quanto eu era uma criança obviamente fora do normal. Isso desde os 6 anos, fui começando a ~filosofar~ sobre a vida, universo e tudo mais. E isso coincidiu mais ou menos com a época em que eu comecei a ter acesso à internet(discada, claro), e também tínhamos a ausência de redes sociais de verdade(alguém lembra do chat da Uol? Que não passava de um ASL em versão mais lenta e mais emocionante) o que dificultava MUITO a minha expedição em buscas de aventuras na internet.

Saca o nível intelectual e humorístico da galera que AINDA usa o Chat da Uol

Eu ia querer continuar numa merda dessas? Não né, (não este pequeno estranho jovem que acreditava na possibilidade de ele ser a única pessoa/ser existente na terra e que o resto mundo seria apenas fruto da sua imaginação – essa história eu conto mais tarde) a vida tinha muito mais a me oferecer: sites humorísticos como HumorTadela(que descanse em paz), e a minha então nova descoberta: Ilusões de ótica. Sabe? Aquele cavalo que na verdade é um sapo, a mulher coçando o órgão mas na verdade tá passando creme na axila, esse tipo de coisa, simples – pra você moderninho que hoje tem a porra da banda larga a R$35 né, amigo – mas, PRA MIM, era  a coisa mais maravilhosa do mundo. “MEU DEUS COMO eles fazer essas coisas?”.

Pois é, até aí, tudo bem, mas com isso cheguei até as  Mensagens subliminares, que mais tarde me levaram até as Teorias da Conspiração. Foi que começou toda a merda.
continue lendo:

Leia o resto deste post

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: