Arquivo da categoria: Desabafo

Faça uma redação sobre as suas férias (valendo 2,0pts)

Praia, sol, gente seminua, música alta, ah, o verão… tem como não amar?
Claaaro que sim, amigo. Na verdade, os motivos que alguns tem para amar, são os mesmos motivos pelo qual eu não gosto, todos esses aspectos que citei, pra mim representam a parte negativa das férias. Imagine seguinte situação:

Você chega na praia, “EEEEEE MARZÃÃO….” (pensa), aí sua família escolhe ficar na frente do bar de sempre, por ~~tradição~~ (coincidentemente, o mais barato) aí seu tio chega e bota no player do carro aquele cd do Aviões do Forró de 2006, por tradição também (uma família muito tradicional), e seus primos pegam a bola e armam logo aquela trave com gravetos (ah, outra coisa, seu primo sempre rouba você, presta atenção). Uma hora depois, o trânsito de carros já é insustentável, e um LEKÃO STRONDA passa de moto, destrói a trave e quase bate o Júnior, seu primo pequeno (todo mundo tem um primo pequeno chamado Júnior né). “É, cancela, vamo pra água”. Mas a água é salgada, o sol tá no ápice do seu sucesso, é um saco ficar mais de dez minutos – sim, você não é mais criança. “AFFF VO COMER”. Chega lá com a família, seu tio já tá em coma alcoólico e agora tá tocando Limão Com Mel®. Você pega o cardápio:

– CocaCola (lata): R$ 10;
– Salgado + Suco: R$ 10;
– Porção 01 perna de frango, ½ colher de arroz, ½ de feijão: R$ 10;
– Banheiro: R$10

Você: “caralho, tudo na praia é dez reais, perdi a fome, vou dar uma volta pela praia” – aí chove.

Não tem nada de mais na praia, só tem terra, e água salgada. Dá pra se divertir tanto em casa quanto na praia. Na verdade é até melhor quando chove, porque o sol dá um tempo e diminui o número de pessoas, o clima é 10000x mais agradável, e talvez: C-C-C-COMBO BREAKER –  a sua família vai querer ir embora.

Praia só é legal se você for:
a) Menor de 10 anos;
b) Tiozão de sunga e óculos espelhado;
c) Gringo/a praia é algo novo ou diferente pra você;
d) o Eike Batista (sim, tudo fica legal se você for o Eike Batista);
e) surpreendido pela chuva.

Opa, já é difícil ter show bom em Belém (e arredores) em período “normal”, imagine nas férias, onde você só encontra lugares tocando:

a) Pagode
b) Melody
c) Funk
d) Todas as alternativas anteriores

Agravante 1: Época de Carnaval.
Agravante 2: Carnaval fora-de-época.

Ou seja: Maravilha né amigo, sobre esse capítulo nem preciso me aprofundar, próximo, por favor.

Aah, agora sim, hein? A melhor parte das férias, onde você tem as melhores coisas que a vida pode lhe oferecer:

Sofá, Wi-Fi, comida barata (de graça, na verdade), sua geladeira, sua cama, seu videogame. Só de falar já me dá saudades de casa (sendo que eu ESTOU em casa). Ter liberdade pra fazer o que quiser sem ninguém ficar te acordando ou a sua consciência fazer questão de lembrar EI, TIRA O PÉ DO SOFÁ, VOCÊ NÃO TÁ EM CASA“.

“NÃO ACREDITO QUE VOCÊ SAI DE CASA PRA FICAR EM CASA!?????!! AFFFFF”

Nem sempre. Festas e praias são praticamente iguais em todo lugar, agora as casas não. Quanto à esse argumento, você sai de uma cidade que tem festas para ir para outras cidades que tem exatamente as mesmas festas? Tenha dó, né.

Se for pra sair de casa, que seja pra conhecer a cidade, passar um tempo com a família, e não com um monte de desconhecidos – a não ser que você não goste da sua família, rs, aí já é outra coisa.

Então, é isso, espero que  vocês tenham gostado, você pode ainda baixar este post em forma de manual pdf pelo Megaupload, só procurar. E, ah, não vou escrever um post sobre o carnaval, não agora, QUEM SABE outra vez. Não vou ficar me repetindo aqui, o carnaval é uma merda por si só, de todas as formas imagináveis, seria tipo falar mal de câncer de pele.

Bom feriado pra vocês, cuidado com o trânsito, cuidado com seus órgãos genitais, não beijem ninguém sem conhecer, e não se esqueçam, crianças: assim como a herpes, a má fama é uma coisa que passa de boca em boca – muitas vezes ao mesmo tempo (essa eu inventei agora rs).

Ah, lembrei que já chegaram comigo na internete dizendo “ai armando, teus posts não tem mais aquela pegada política, agora tu fala de ônibus e redes sociais kkkkk nossa eu gostava mais quando era underground???” Meu amigo, deixa eu te falar uma coisa: tô de férias, eu escrevo aqui sobre o que eu penso/gosto/detesto, não ganho dinheiro pra isso, e, PORRA, o WILLIAM BONNER fica contando calorias e falando que barulho que faz um helicóptero no twitter e vocês se batem porque eu, um mero mortal, não estou escrevendo a continuação para os dias atuais de “O Príncipe” do Maquiavel? kkkkk espero que seja brinks de vocês.

Bjs, até a próxima. Não se esqueça de  o post (se é que você , né, afinal se você não , não vai ficar clicando em  aí de bobeira né).

Anúncios

Vá reclamar de tédio lá na casa do caralho

Não consigo entender gente que tem a cara de pau de reclamar de tédio. Na boa.

Eu passo a porra de um semestre INTEIRO me matando de estudar você acha que é pra fazer o quê? Pra ficar saindo pra ~~~balada~~? Pra MALHAR? Ou pra, sei lá, ler algum livro? Lógico que não né seu Adalberto (nome fictício). Eu me esforço somente pelo direito de curtir meu tédio, de boas.

“ai que tédio pqp minha vida mimimi ai sem nada pra fazer esse fds”

Hm, aaah, quer dizer que não tem nada pra fazer? Então como me explica o fato de sua mãe reclamar todo dia que seu quarto tá uma bagunça? De seu pai cansar de mandar você sai dessa internet? Daquele tio (aquele das piadas nas reuniões familiares) perguntar:

 – e aí Cláudio, tá sem emprego… ainda? Quantos anos vc tem mesmo? 40??
 – 19, tio.
– ah,.. porra então tira essa barba lava essa cara e arruma um emprego, que tá na hora já

Isso tudo antes de  perguntar “e as namorada??“, né

E as redes sociais estão lotadas de gente com comportamento parecido. E quem tem Twitter então, pqp. Basta dar uma pequena olhada na busca dessa palavra para ver o tanto de gente reclamando que tá morrendo de tédio.

AI QUE PENA QUE VOCÊ NÃO ESTÁ MORRENDO DE VERDADE, AMG

AI QUE PENA QUE VOCÊ NÃO ESTÁ MORRENDO DE VERDADE, AMG

Será que um animal desses não percebe o paradoxo nessa frase? Tá com tédio no twitter? Então sai dessa porra e vai procurar o que fazer, vai no YouTube, na própria Home do site já indicam MUITO vídeo bom, ou pelo menos os que estão em destaque no momento. Tem gente que até hoje pensa que internet se resume a Orkut e MSN (ou ainda os mais descolados, que tem até  Twitter e Facebook).

Tem gente ainda que confunde o conceito de “tempo livre” com “nada pra fazer” – que são duas coisas muito diferentes. Qual é cara? Se você tá estudando, reclama. Se tá sem aula: reclama. Realmente seria ótimo se as pessoas que estão morrendo de tédio realmente morressem de tédio.

AI MEU DEUS MORREU DE QUE ELE??? TÃO JOVEM... - SOUBE QUE ELE TAVA NO TWITTER AÍ SUAS ÚLTIMAS PALAVRAS FORAM "PQP QUE TÉDIO VO MORRE" -1 minutes ago AI MORREU!!!

Mesmo depois de tudo isso ainda crê que o tédio habita seu corpo? Não quer terminar como este rapaz aí (coitado, tão jovem… com tudo pela frente…) e morrer de tédio? Fique por dentro da lista atualizada de 10 mandamentos feita pela galerinha mais irada da internet – a equipe de redação da Coluna do Armando (eu):

  1. Não reclame de tédio. Isso deixará outras pessoas com tédio (e você colecionará unfollows);
  2. Por favor, você não tá “morrendo de tédio“. Deixe de ser viadinho e procure alguma coisa pra fazer.
  3. Vou te dar três links que podem te ajudar a curar essa doença (passe o mouse para uma breve descrição): 3.1, 3.2 e 3.3.
  4. Junte uma mísera grana, chame uns três amigos, pegue sua carteirinha de estudante e vá no cinema (no dia mais barato possível);
  5. Durma;
  6. Se acordar ainda com tédio, durma mais 6 horas e repita o processo até alcançar o resultado desejado;
  7. Organize as pastas do seu computador (funciona);
  8. Conheça os blogs da rede Interbarney;
  9. Pare de compartilhar coisas idiotas no facebook (sei que não tem nada a ver com o assunto, mas deixo a dica pra vcs);
  10. Volte para o Twitter (ou até mesmo para ~~a vida~~) quando se sentir melhor

~~Ui olha o armando dando pití rsrsrrsrsrrs~~~~

Não, não é pití, mas tem gente que me estressa não simplesmente por ser idiota, porque não se dá ao trabalho nem fazer sentido, parece um bolo fecal com pernas – e braços, o que é pior, porque consegue digitar no tecladoe criar conta nas redes sociais pra depois ficar reclamando de tédio.

Se eu souber que você leu este post aqui e está por aí, reclamando de tédio, eu mesmo vou na tua casa te encher de porrada (na verdade não, porque não sei onde você mora, mas não por falta de vontade rs).


Bem, dito isso, vou terminar o post por aqui, porque escrever muito dá um tédio que vocês nem imaginam.

O Ovo ou a Galinha?

"Chicken or the Egg" by Driven-Crazy

Duas espécies de “partidos” tentam responder quem veio primeiro há muito, muito tempo. O “partido” da Galinha, que surgiu primeiro, diz haver (desde todo o sempre) tipo uma Galinha superior, que criou tudo e, em destaque, os Ovos à sua imagem e semelhança. E acreditam que essa Galinha observa tudo que você faz e gere toda a sua vida.

Já o “partido” do Ovo, é bem mais recente, e diz que, a partir de uma grande explosão, e de outros fatores consequentes desta, o Ovo surgiu primeiro, daí surgiram outros Ovos que começaram a viver em sociedade, e eles precisavam de uma explicação para as coisas que eles viam, os fenômenos da natureza, e por isso criaram a idéia de existe uma Galinha superior que fosse responsável por cada um desses fenômenos.

Bem, vocês sabem que não é sobre ovos e galinhas que estou falando.

A necessidade humana do saber, de ter o poder de controle sobre as coisas à sua volta, existe desde sempre. Essa tendência do homem em afastar-se das leis da natureza mostra-se logo no primeiro exercício da solidariedade orgânicaonde, segundo Émile Durkheim, a sociedade se desenvolve a partir da diferenciação entre indivíduos –  com a divisão de trabalho que separou capacidades entre crianças e adultos, homens e mulheres.

Esse seria o primeiro rompimento humano com o seu lado animal, indo contra a lei da natureza. Discordando da lei do mais forte(a “Teoria da Evolução”, para Darwin), ele tentava, incansávelmente, organizar a bagunça que só ele via.

Não é minha intenção quero dizer qual está certo ou errado, defender qualquer um desses partidos. Primeiro, porque não tenho autoridade nem conhecimento suficiente que me dê certeza para tal afirmação, segundo porque não dou a mesma importância que algumas pessoas dão na crença de outras. Como se isso definisse caráter…

Bem, às vezes define. Quando define, muita das vezes é pra pior.

Meu ponto aqui é falar da cegueira de algumas pessoas, que não imaginam a possibilidade de haver uma “outra versão” das histórias que lhe foram contadas.

É bem difícil claro, ouvir alguém dizer que tudo aquilo que você acredita é uma mentira, mas o problema está no valor que VOCÊ atribui à essas coisas. Não nas “crenças”, ou nos fatos em si. As coisas não se tornam verdades sozinhas, por elas mesmas, elas precisam da sua crença para que tenham realmente acontecido. Como assim?

Sabe aquela frase: “Se uma árvore cai no meio da floresta, sem ninguém por perto, ela faz barulho?” Ou ainda: “[…]a árvore REALMENTE caiu?”?

Se você dedicar (figurativamente, é claro) a uma dessas afirmações  toda a sua vida, é você quem vai sair perdendo, cedo ou tarde.

O melhor jeito de saber se a árvore caiu de verdade, ou saber se quem veio primeiro foi o ovo ou a galinha é: estudar, pesquisar, ler, e, o mais importante de tudo, manter a mente aberta e preparada para ouvir diferentes opiniões e versões sobre o assunto em questão. Não use aquela viseira que botam no cavalo, para que o coitado nunca olhe para os lados.

Do contrário, você vai passar a vida toda assim, com a tal viseira. E andando em quatro patas. Não no sentido “animal”, mas no sentido “Darwin”.

E, graças à Evolução, será passado para trás.

"Dia do Orgulho Hétero" e outras besteiras

Atualmente é crescente, e cada vez mais fácil ver por aí, verdadeiras guerras de Trending Topics entre pessoas mostrando se favoráveis e orgulhosas em relação à alguma opção de vida enquanto outras lutam com todas as forças contra a primeira.

A palavra orgulho vem sendo usada para defender opiniões fechadas, inaptas à conversa. Idéias prontas e acabadas. “Orgulho Gay”, “Orgulho Negro”, “Orgulho Branco”, tornam se comuns, e os argumentos, absurdos.

“Porque Deus quis”  é o ápice da ignorância, representa, pra mim, a hora de se terminar a conversa – coisa que me entristece profundamente – porque isso é uma demonstração de aquela pessoa já não tem mais esperança de salvação. Pelo menos não na minha igreja.

E agora, para fomentar ainda mais essa discussão (que, convenhamos, já está se tornando um saco), está sendo discutido em São Paulo um projeto de lei aprovando o Dia Do Orgulho Heterossexual. E, é claro, a maravilhosa internet já se encarregou pelo burburinho e possíveis manifestações e “paradas do orgulho hétero” – sim, no Twitter já estão na mesma briga de a-minha-hashtag-fica-mais-em-cima-que-a-sua, que me lembra muito a incansável e interminável briga masculina do o-meu-pau-é-maior-que-o-seu. São termos e situações diferentes, a idiotice é a mesma.

É nessas horas que eu me pergunto como se pode ter orgulho de uma coisa que você não lutou pra conseguir?

Deixa eu ver se entendi: Você se acha melhor que outras pessoas só porque, ALEATORIAMENTE, nasceu branco ou preto(substitua também por “gay” e “hétero”)? Ainda se acha no direito de brigar e condenar os outros que são diferentes de você? E, pior, enfiar goela a baixo direitos providos por Deus para exercer sua função de mensageiro do apocalipse, de justiceiro legislado pelo próprio?

É demais pra minha cabeça.

E é demais para um planeta só.

Seguindo essa linha de raciocínio e de desenvolvimento humano, daqui a alguns anos, não se surpreendam quando verem por aí manifestações como estas: #OrgulhoTerráqueo, #OrgulhoMamífero, ou #OrgulhoEucarionte.

Assisti hoje "Eclipse" da saga Crepúsculo e resumirei o filme em apenas duas palavras:

Edward cullen seu corno fdp como assim você deixa um cara sem camisa esquentar sua garota e ainda diz que esta feliz por isso?????? Caralho mano você merece morrer, a Bella não ta nem aí pra voce cara, da pra ver no jeito que ela olha pro Jacob, e o jeito que ela olha pra você: sem comparação. VELHO, ela BEI-JOU o Jacob, cara, não dá pra aceitar, você merece um tiro no cu seu vampiro viado, vai agarrar a Bella em vez de ficar brilhando no sol que nem um firework kkkkkkk, vai aprender com o Damon e com o Blade o que é ser vampiro de verdade, seu vampiro de malhação fdp, e digo mais: CORNO.

Corno. Conivente.

%d blogueiros gostam disto: