Pare de culpar o governo por tudo

Comecei a escrever esse post dia 17/11, salvei e não terminei, mas os recentes papos que tenho tido com amigos, todo esse tempo de mudanças que a gente tá vivendo e até a matéria da universidade parece estar me jogando para este assunto.

Bem, feita esta pequena introdução, leia o título novamente, rs, e continue lendo daqui 😉

"bin laden, aqui tem mais duas torres"

“[…] é, Só no Brasil mesmo…”

“Isso é Brasil, não vai mudar nunca”

“Já viu alguma coisa funcionar aqui?”

“político é tudo safado, e o governo não vai mudar”.

Tá.

Vamos por partes.

Para quem não sabe, o tal governo(quando vocês lerem “governo” em itálico, me imaginem fazendo uma cara assustadora, tipo essa aqui do George Carlin) não é simplesmente um monstro que chega na sua casa e te rouba. Não uma coisa exterior a nós. Também não é uma entidade que apareceu do nada no nosso planeta e tem poderes supremos e inalcançáveis.

Ele é formado de (pasmem) pessoas. Sim, pessoas. Dessas que se vê por aí, aos montes.
Iguais à você, e eleitas por você.

Então porque ser tão irracional e, principalmente, superficial na hora de analisar os fatos? Claro que é bem mais fácil sair xingando tudo e todos, sem usar um pouco a cabeça, mas, pare pra pensar só um pouco. Tem coisas que esse chato adoram xingar, e ligar a culpa das merdas que acontecem aqui diretamente a elas.

Tipo futebol, copa do mundo, essas coisas. E te enche a cabeça com um mimimi sobre Pão e Circo que ele acabou de ouvir na escola e etc.

Tipo “[..]mimimimi copa do mundo no brasil já até vi a roubalheira que vai ser, tudo desculpa pra superfaturar obras e lucrar milhões com isso afinal, brasileiro é assim […] mimimi copa do mundo mimimi […] pão e circo”.

Não, não tá errado. Mas não se esqueça que eu sou vagabundo que você também esteve antes e vai continuar sentando lá na frente da tv torcendo e comentando sobre os jogos. Esquecendo-se dos problemas, comendo pão e assistindo ao circo.

O problema é que, fica falando mal do Brasil de uma forma magnífica, paga pau pra outros países, de “primeiro mundo” (alguém ainda usa esse termo?) e não imagina que até no primeiro dos primeiros do mundo, também haja corrupção.

Ah, mas eu não assisto Globo por que é uma mídia corporativista burguesa“. Aham. E você também não come fast food por causa do colesterol né? Aham.

O leitor mais atento deverá se perguntar (sempre quis dizer isso, rs): Mas o que fazer? Ignorar tudo que acontece? Lutar pelos meus direitos?

Bem, antes de tudo, não seja um babaca. Sério, há muitas, muitas formas de ser um (se você lê o blog há mais tempo, com certeza viu muitas delas), mas não seja.

Leia, se informe, o principal “motor” do conhecimento é a informação. Você tem que conhecer pelo menos dois lados diferentes da mesma história, sempre, independente do tipo de história, se não quiser ficar usando uma viseira como a citada no final desse outro post.

Aquela pessoa que segue somente a Bíblia, que só assiste um jornal, que só lê um autor/filósofo, que diz que tal livro baseou a sua vida inteira (livro este que provavelmente vai esquecer daqui a poucos anos) = não seja essa pessoa.

Seja diferente, não siga a opinião comum só pela maioria, ou por preguiça. Você tem internet, tem vários canais de tv aberta, tem biblioteca na sua universidade, no seu colégio, ou pelo menos na sua cidade. Vale muito à pena trocar algumas horas de F5 no facebook pra procurar conhecer mais sobre o seu país, sua história, e acabar descobrindo tem muita coisa sobre você que nem você sabia.

Atacar o governo, os políticos, a economia, o diabo, oralmente ou até no sentido literal, como propõe a imagem do começo do post, não vai mudar nada. Com isso, você só vai perder (duas coisas, pra ser exato: tempo e razão).  É preciso que a gente mude primeiro, e a partir disso desencadear uma série de boas mudanças que logo vão se refletir na nossa família, na educação, e, quem sabe, até mesmo no quase “inatingível” – não se esqueçam de me imaginar fazendo essa cara – governo.

Anúncios

Sobre Armando Netto /armandrops

Escreve em blogs há mais de 4 anos, e vive há 19. Estudante de Ciências Socias na UFPa, mas não se contenta com isso, afinal até Sertanejo é universitário hoje em dia. Procura empregos em todas as áreas, desde pedreiro(sabe fazer cantadas) até em empresas pequenas como Google e Microsoft(confira a página Currículo no cabeçalho do blog). Ah, ele também odeia de quem fala de si mesmo na terceira pessoa, entende?

Publicado em 24/11/2011, em Sem categoria e marcado como , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. porra. vem esse pessoal falar mal da Copa.. eu quero ver a copa! tu ja viu uma copa??
    deixa a copa acontecer… eu quero ver o neymar lá fazendo gol e tal(Ronald rios)

    • iiisso meu amigo, a copa tá lá ~de boa~ esperando pra vir pro Brasil aí esses fdp ficam falando que não querem porque o pão e circo[…] e o caralho, mas na hora vão estar lá vendo o jogo rs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: