O Ovo ou a Galinha?

"Chicken or the Egg" by Driven-Crazy

Duas espécies de “partidos” tentam responder quem veio primeiro há muito, muito tempo. O “partido” da Galinha, que surgiu primeiro, diz haver (desde todo o sempre) tipo uma Galinha superior, que criou tudo e, em destaque, os Ovos à sua imagem e semelhança. E acreditam que essa Galinha observa tudo que você faz e gere toda a sua vida.

Já o “partido” do Ovo, é bem mais recente, e diz que, a partir de uma grande explosão, e de outros fatores consequentes desta, o Ovo surgiu primeiro, daí surgiram outros Ovos que começaram a viver em sociedade, e eles precisavam de uma explicação para as coisas que eles viam, os fenômenos da natureza, e por isso criaram a idéia de existe uma Galinha superior que fosse responsável por cada um desses fenômenos.

Bem, vocês sabem que não é sobre ovos e galinhas que estou falando.

A necessidade humana do saber, de ter o poder de controle sobre as coisas à sua volta, existe desde sempre. Essa tendência do homem em afastar-se das leis da natureza mostra-se logo no primeiro exercício da solidariedade orgânicaonde, segundo Émile Durkheim, a sociedade se desenvolve a partir da diferenciação entre indivíduos –  com a divisão de trabalho que separou capacidades entre crianças e adultos, homens e mulheres.

Esse seria o primeiro rompimento humano com o seu lado animal, indo contra a lei da natureza. Discordando da lei do mais forte(a “Teoria da Evolução”, para Darwin), ele tentava, incansávelmente, organizar a bagunça que só ele via.

Não é minha intenção quero dizer qual está certo ou errado, defender qualquer um desses partidos. Primeiro, porque não tenho autoridade nem conhecimento suficiente que me dê certeza para tal afirmação, segundo porque não dou a mesma importância que algumas pessoas dão na crença de outras. Como se isso definisse caráter…

Bem, às vezes define. Quando define, muita das vezes é pra pior.

Meu ponto aqui é falar da cegueira de algumas pessoas, que não imaginam a possibilidade de haver uma “outra versão” das histórias que lhe foram contadas.

É bem difícil claro, ouvir alguém dizer que tudo aquilo que você acredita é uma mentira, mas o problema está no valor que VOCÊ atribui à essas coisas. Não nas “crenças”, ou nos fatos em si. As coisas não se tornam verdades sozinhas, por elas mesmas, elas precisam da sua crença para que tenham realmente acontecido. Como assim?

Sabe aquela frase: “Se uma árvore cai no meio da floresta, sem ninguém por perto, ela faz barulho?” Ou ainda: “[…]a árvore REALMENTE caiu?”?

Se você dedicar (figurativamente, é claro) a uma dessas afirmações  toda a sua vida, é você quem vai sair perdendo, cedo ou tarde.

O melhor jeito de saber se a árvore caiu de verdade, ou saber se quem veio primeiro foi o ovo ou a galinha é: estudar, pesquisar, ler, e, o mais importante de tudo, manter a mente aberta e preparada para ouvir diferentes opiniões e versões sobre o assunto em questão. Não use aquela viseira que botam no cavalo, para que o coitado nunca olhe para os lados.

Do contrário, você vai passar a vida toda assim, com a tal viseira. E andando em quatro patas. Não no sentido “animal”, mas no sentido “Darwin”.

E, graças à Evolução, será passado para trás.

Anúncios

Sobre Armando Netto /armandrops

Escreve em blogs há mais de 4 anos, e vive há 19. Estudante de Ciências Socias na UFPa, mas não se contenta com isso, afinal até Sertanejo é universitário hoje em dia. Procura empregos em todas as áreas, desde pedreiro(sabe fazer cantadas) até em empresas pequenas como Google e Microsoft(confira a página Currículo no cabeçalho do blog). Ah, ele também odeia de quem fala de si mesmo na terceira pessoa, entende?

Publicado em 09/10/2011, em Desabafo, puta post demorado e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. Clap Clap Clap… muito bom texto jovem padawan. só discordo quando você fala que o problema está em “você” e não nas crenças ou fatos em si, pois não existe essa separação do individuo das suas crenças e fatos, o que aconteceu, vai ser contado de acordo com quem viu, e todas as versões que aparecerem, são verdades, toda as crenças, são verdades, mas se vão fazer dessa verdades, dogmas, ai é outra situação. E também se essas verdades são imorais ou anti-éticas, é outra coisa. Mas de resto gostei bastante do texto.

    • Obrigado pelo comment, Raoni, quanto ao post, foi mais ou menos isso que eu disse, histórias são verdades desde que alguem acredite nelas, e como tu disse, acreditar é uma coisa, tornar dogma é outra né?
      Afinal, o que diferencia as pessoas quanto à esse assunto, é o quão importante ou certa ela julga sua própria sua crença.
      abraço 😉

  1. Pingback: Pare de culpar o governo por tudo « Coluna do Armando

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: