Google+, Orkut-

Se eu dissesse, a dois anos atrás que o Orkut é a melhor rede social do mundo, e portanto, imbatível, aposto que ninguém diria o contrário. Isso, a DOIS anos atrás. Apesar de sua supremacia em relação às redes sociais, o Orkut não soube aproveitar a força e a influência que tinha, não escutou seus usuários quando reclamavam de suas atualizações de gosto duvidoso e então começou a perder amigos para a rede social de Mark Zuckerberg, o Facebook. E, mesmo assim, continuou com as atualizações sem sentido, design pouco intuitivo, e difícil de usar.

Vocês não acharam tudo isso um pouco estranho? Teria o próprio Orkut cometido Orkuticídio?

Fato é, que, enquanto os pro-Orkut e pro-Facebook mantiveram-se firmes na guerra de quem tem o joguinho melhor, a Google, poderia ter usado do seu poder wébico para reformatar o Orkut, tirá-lo da nomenclatura de “beta” e aproveitar o momento em que todos nós usamos redes sociais para relançá-lo com força total, esmagando as demais redes sociais de uma vez por todas. Reparem, eu disse “poderia“. Se algum dos engenheiros do Orkut chegou com essa proposta ao seu superior, com certeza a resposta foi: “não”.

Não? É, “não”. Assim, seco. A Google ao invés de jogar uma bóia para um de seus filhos mais bem sucedidos(o que com certeza fez mais sucesso aqui no Brasil), o deixou afundar totalmente. Largou-o de mão, inventaram o tal do “Orkut Ao Vivo“: fracasso total. Bem, talvez não um fracasso completo, mas, com certeza, não teve o sucesso que lhe era esperado. A Google, aliás, fez exatamente o contrário do que seria esperado pelos que ainda acreditavam no Orkut: sem pensar três vezes, criou uma rede social novinha em folha, o Google+, ou Google Plus, como queiram.

Pra quê vamos ficar nos batendo com essa rede social problemática? Já vimos de tudo por lá: gangues combinando encontros, brigas conjugais, pedofilia, e até mesmo fotos de pessoas cercada de notas de dois reais em cima da cama. É uma rede social falida, morta, motivo de piada diante de todas as outras. Criaram até um novo termo pra designar esse tipo de comportamento: ORKUTIZAÇÃO, vê se pode, Cláudio. Poderíamos até mudar o design, relançar, mas as mesmas pessoas continuariam lá, e com o mesmo pensamento, mesmas atitudes. Não dá não, vamos pensar outra coisa”. Tenho certeza de que se não foi essa resposta que o chefe deu ao engenheiro do Orkut, foi beeem próxima a isso. Ou simplesmente um “não”, quem sabe?

Assim como os exemplos dados nesse diálogo que eu propus, a Google não perderia tempo, investimento e respeito em uma rede já falida. Então, ao contrário disso, deram mais corda pra se enforcar, afinal era isso que eles queriam. A morte de um velho que só estava dando problemas (o qual ninguém mais estava dando tanta atenção assim) e a esperança no nascimento de uma rede nova, com promessas inovadoras, sem problemas algum, ao qual eles pudessem dar educação e criar direitinho. Afinal, a Google não deixaria mais um filho seu largado nas mãos de qualquer um. Não dessa vez.

Anúncios

Sobre Armando Netto /armandrops

Escreve em blogs há mais de 4 anos, e vive há 19. Estudante de Ciências Socias na UFPa, mas não se contenta com isso, afinal até Sertanejo é universitário hoje em dia. Procura empregos em todas as áreas, desde pedreiro(sabe fazer cantadas) até em empresas pequenas como Google e Microsoft(confira a página Currículo no cabeçalho do blog). Ah, ele também odeia de quem fala de si mesmo na terceira pessoa, entende?

Publicado em 09/07/2011, em Internet e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. é um troço complicado mesmo… Eu deletei minha conta de orkut faz uns 3 meses, e NÃO ME ARREPENDO! agora fiquei apenas com a do facebook – que já está pupularzinha demais tbm, mas é mais seletiva – e as outras como o myspace… mas enfim, a google ta perdendo tempo. acredito que não iria funcionar mais dar repaginada no orkut. Já estava muito ruim. O lance é: se for fazer algo novo que faça bem feito! Beijão

    • Exatamente, e a Google diz que vai manter as duas redes, o Plus e o Orkut, mas eu não acredito nisso. Eles estão esperando que ninguém mais sinta falta, aí poderem fechar as portas.

  2. Pra mim, a única rede social que ainda tá funcionando (e malmente) é o Twitter, lá pode me seguir quem quiser, mas eu escolho quem eu quero seguir e consequentemente não preciso ver tudo o que os outros escrevem, apenas os que eu sigo. O orkut deveria ser mais seletivo, deveria ter um cadastro mais rigido, como pedir CPF, afinal qualquer um pode dizer que tem 18 anos e usar, mesma coisa o facebook. Enfim, tenho orkut e facebook, mas só uso o MSN e o Twitter, eles têm muito mais graça que essas redinhas de amigos.

    Te amo, ARMANDO ♥

    • Verdade, cadastro com CPF seria a alternativa perfeita pra acabar com os fakes, poderíamos ter uma rede finalmente apenas com pessoas reais. Seria bom no caso do Facebook, e, aliás, o Facebook é BEM rígido em relação à política contra perfis fakes, tipo, de cachorro, etc. Pra isso eles disponibilizam a FanPage.
      Mas no Twitter, como tu sabe, precisamos dos fakes, rs. Perfis de divulgações de festas, blogs, e notícias, aí é útil ;D

      Obrigado pelo comment, também amo você ♥

  3. thiago verstch

    muito boa a sacada do título, “google mais, orkut menos”, a google ta fodendo mesmo com o orkut, nao acho que vá sobrar alguma coisa depois do google plus e, com certeza foi essa a resposta que o “Cláudio” teve do seu chefe KKKKKKKKKKK
    parabéns pelo texto, abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: